Livro: Ressurreição


Quando Ressurreição chegou na livraria onde trabalho, logo que eu o vi, pensei "esse livro parece ser muiito bom!". Nunca vi a série Ressurrection que foi inspirada no livro mas fiquei fascinada pela sinopse. Mortos que voltam de seus túmulos mas que não são zumbis?

O livro conta a história do casal Harold e Lucille que moram em uma cidadezinha chamada Arcadia. Harold é aquele homem que, depois de tantas coisas que aconteceram em sua vida, se tornou um velho rabugento e ranzinza, aqueles velhos que nenhuma pessoa gostaria de se tornar ou ter por perto. Já Lucille é uma velhinha muito simpática, evangélica e fascinada por Deus. Os dois tiveram um filho na década de 50, o Jacob, mas quando estavam comemorando seu oitavo aniversário, o menino saiu correndo para procurar coisas no rio e morreu afogado. Após este acontecimento Harold e Lucille se retraíram, tentando todos esses anos lidar com sua perda e a sombra de tristeza que Jacob deixou com eles.


Cinquenta anos se passaram e na TV só se falava dos Ressurgidos, pessoas que depois de muitos anos mortas estavam simplesmente voltando a vida. Para levar esses Ressurgidos de volta para suas famílias foi criada a Agência Internacional Para os Ressurgidos, um órgão mundial. Mesmo Harold e Lucille vendo todas aquelas reportagens não imaginavam que pudesse acontecer com eles, até que o agente Martin Bellamy aparecesse na porta da casa do casal com Jacob, o filho ressurgido.

As famílias tem a opção de não querer o ente ressurgido de volta, mas Lucille quis ficar com Jacob e poder viver o tempo que ela perdeu com seu filho. Harold não o queria, e como muitas outras pessoas, não acreditava que o que estava acontecendo era uma benção, um milagre divino. Foi com esse pensamento que muitos grupos se rebelaram contra os Ressurgidos em todo o mundo. Os vivos eram chamados de Vivos Autênticos e haviam os a favor e os contra.



Com tantos Ressurgidos aparecendo em todo o mundo, o governo resolve fechar uma antiga escola em  Arcadia e mandar todos eles para lá. É claro que as pessoas que aceitaram seus entes não querem se ver longe deles de novo, então acabam indo junto com eles para a cidade prisão Isso acabou acontecendo com Harold e Jacob e os dois veem que a confusão só está começando.


Eu adorei Ressurreição, me prendeu do começo ao fim! Jason Mott separou em seu livro alguns capítulos para contar o que estava acontecendo com alguns ressurgidos de todo o mundo e assim podíamos tirar nossas próprias conclusões de se eles eram os entes reais ou apenas um foto cópia dos mesmos. Também me fez refletir muito sobre o que eu faria se isso estivesse acontecendo e sobre Deus.

Os momentos na escola-prisão me lembrou muito A Cegueira quando os cegos são levados para um lugar e mantidos lá em condições que, no começo eram boas mas que depois acabaram se tornando horríveis.

No Skoob diz que é o livro 1 mas eu não vi no fim do livro algo que mostrasse que teria uma continuação, para mim ele teve um fim perfeito. Vejam a nota dele no Skoob.
Beijos da Babis (:

Me acompanhe também nas redes sociais
Facebook | Twitter | Instagram | Pinterest | Bloglovin | Youtube 
Arquivado em:   , ,